Hello! Now you can select the language of your choice on our website. We know that the translation is not 100%, but can help a lot! Select below ;)


  • Entre em contato conosco pelo email contato@acervothai.com
(LD) Eventos, (LD) Muaythai no Brasil, Blog Lado Deca, Outros

Heart of Fighters 3: David Henrique e a Luta Internacional

Domingo sem dúvida é dia de Guerra!

Além de um card preliminar bem forte, teremos no Heart Of Figthers 3ª edição, a primeira luta do New Thongrop no estado de SP.

Aproveitei o embalo da Japa, que falou com Diogo sobre valorização de atletas (que você pode ler aqui), para perguntar sobre o impacto da luta internacional no evento e sobre a escolha do adversário para o Tailandês.

Lado Deca: Quais as dificuldades e facilidades de 3ª Edição?

Diogo: Por um lado foi mais fácil, tive um sócio no evento que foi o Luiz da Gardenal com ele eu consigo dividir as tarefas e já facilita pra mim. Por outro lado, como o evento está sendo fora da minha cidade, não consigo sair de casa e ir resolver as coisas, é mais complicado pela distância e até para casar as lutas. Como estamos fazendo um evento mais focado para o público do interior, eu não conheço tanto atletas como na minha região (Baixada Santista). O bom é que o Luiz também é um cara que já faz evento e é responsável.

Lado Deca: Como surgiu a oportunidade de casar uma luta com New Thongrop? Como está sendo a vinda dele para o Brasil?

Diogo: Então a Luta com o Tailandês aconteceu assim. O Gardenal entrou em contato comigo um dia, falando sobre o evento, disse que o Kru Nuch estava com seu filho no Rio de Janeiro dando seminários e que no mês de novembro eles viriam para São Paulo para mais seminários e o que o menino tinha interesse em lutar no Brasil.

Como tinha o nosso evento e como a galera nunca viu um Tailandês lutar aqui no Brasil, ele perguntou se não tínhamos interesse.

Entramos em contato com o Paulo Kawai para fechar a luta, depois de um tempo sem ele nos responder, faltando um mês para o evento, ele falou que estaria mesmo em São Paulo dando seminários e confirmou a luta.  Acabou que o treinador Losano fechou um seminário com ele no mesmo dia do evento, e como ele vai ter atleta no HoF3, acabou ficando tudo mais fácil.

Lado Deca: E como foi a escolha para o seu adversário, como chegaram ao nome do David Henrique?

Diogo: Então, escolhemos o David Henrique 1° porque ele é da cidade, 2° porque ele tem o mesmo porte físico, é 3 anos mais velho, mas para o Tailandês não vai fazer diferença porque já luta com atletas mais velhos, 4° por ser um ótimo lutador, que luta bonito, muito técnico. Achei que seria, nesse peso, o atleta que poderia fazer uma luta mais equilibrada.

Lado Deca: Esse evento conta com nomes bastante populares, você está sentindo diferença de reconhecimento do evento e/ou divulgação dele graças a esse card?

Diogo: Eu acho que teve mais na parte dessa luta com o Tailandês, quando postei o card dele pela primeira vez eu tive mais de 100 compartilhamentos e mais de 15 mil visualizações do card. De resto está correndo normalmente, igual os outros.

Agora que sabemos sobre o porquê o David Henrique foi escolhido, vamos conhecer um pouco do lado dela da história!

Segue nosso papo!

Lado Deca: Como foi receber o convite pra luta internacional? Ansioso?

David Henrique: Receber esse convite foi a maior satisfação, afinal vou lutar com um Tailandês, bastante satisfação mesmo. Ansioso…ah a gente sempre fica um pouco, né? Mas a gente vai se preparando pra isso e tenta dar o melhor!

Lado Deca: Como está sendo sua preparação? Algo diferente do treino para essa luta em especifico? Como tem sido seu treino?

David Henrique: Minha preparação está sendo muito forte! Eu nunca treinei tanto para fazer uma luta! Eu até me mudei com o meu mestre, estou morando no Skull Muay Thai Camp. Lá é foco o tempo todo! O treino não mudou, mas a pegada do treino sim! Estou com foco 100%, treinando todo dia e duas vezes por dias, meu mestre me ajudando a cuidar da alimentação, balançeando tudo direitinho.

Lado Deca: Em questão de divulgação do seu trabalho como lutador, como essa luta afetou?

David Henrique: Bom em questão de divulgação, tanto por lutar com um Tailandês, tanto pela qualidade do evento, me ajudou muito! Já até me chamaram para outros eventos grandes, devido à qualidade da luta e tamanho (por ser um Tailandês, com já muitas lutas), essa luta fez meu nome na verdade, né? Me deu a oportunidade de seguir na carreira do Muay Thai mesmo.

Diogo e David Henrique muito obrigado por cederem o tempo de vocês para falar comigo!

Sei que bem na semana do evento estão todos loucos, então só agradeço!

Do mais, meus parabéns adiantados pelo Diogo e Luiz, que sem dúvida vão trazer um evento de primeira para nós!  E David Henrique, pode esperar meus gritos pra você lá na torcida!!!!

Espero que tenham gostado de conhecer um pouco mais do backstage da luta principal do Heart of Figthers 3.

Beijos e até o próximo post!

Comentários

Comentários