• Precisa de ajuda ?
    Entre em contato conosco pelo email contato@acervothai.com
Acervo News, Hot

Acervo Thai completa hoje quatro anos online. Conheça como tudo começou

Por redação Acervo Thai

– No Inicio era só um blog

O Acervo Thai completa hoje quatro anos, porém ele começou bem antes do que muitos pensam.

Em 2012 morando em Bangkok capital da Tailândia, Raphael Ribeiro fundador e atual CEO do AcervoThai criou o site “Tailândia por Brasileiros”, um blog voltado a brasileiros na Tailândia com noticias, eventos e informações. Com o tempo o foco do blog passou a ser apenas vídeos de lutas e o blog passou a se chamar “MuaythaiTV.com.br” e recebendo um script em php para suportar os redirecionamentos diários de canais do Youtube relacionados ao esporte.

Porém, com a limitação do vídeo e assunto específico, Raphael toma outra direção, e em Agosto de 2013 os primeiros rascunhos do Acervo Thai começam a surgir. Na época não havia divulgação de informação séria, apenas pequenas páginas e blogs com foco motivacional, em vídeos e fotos. Buscando novas idéias e algumas soluções, Raphael se deparou com pessoas não acreditando no projeto, achando que um site sobre isso não iria dar certo, ao mesmo tempo em que haviam pessoas dispostas a colaborar com a ideia.

– A união Muaythai Em Foco e Acervo Thai

A muaythai em foco surgiu em Abril de 2013, criada por nosso editor-chefe Tiago Simão, sendo uma revista online com download gratuito, foram 12 edições ao todo em formato PDF com média de 5 mil downloads por edição.

Porém após uma conversa entre Tiago e Raphael sobre o foco de ambos os projetos serem quase o mesmo, surgiu à ideia de unirem o esforço em algo único. A MTF deixou de existir como revista e se tornou parte do Acervo Thai.

Devemos destacar que tanto a revista quanto o site tiveram colaborações muito importantes desde o começo; Reni Fraga (Siam Fight Largato/SE), Hugo Vantini Foca (Audax Gym – Presidente Prudente/SP), Sandro de Castro (Thai Center – Santos/SP), Allison Sales (Recife/PE), Renato Carvalho (Vitória/ES). Entre outros grandes amigos que o projeto Acervo Thai foi fazendo ao longo dos anos

.

– O Acervo e seus Números

Em 2013 os números eram bem discretos ainda, por haver pouco engajamento e divulgação. [10 mil acessos por mês] [acessado por Brasil].

2014 foi marcado pelo ano das publicações polêmicas, que influenciou muito nos números do site, chegando a média de 25 mil acessos no mês. Matérias como “Graduação no muaythai existe?” – ” OSS não se usa no Muaythai” – “Kickboxing vs Muaythai”.

Sendo assim fechamos o ano de 2014 com 400 mil visitas.

2015 o site passou por uma reformulação estrutural, os acessos subiram para 690 mil no ano e alcançamos público em Portugal, além da parceria com o site italiano Muay Farang ligado ao lutador Matias Gallo.

2016 marca os maiores recordes do site, foram 1.800.000 views no ano sendo cinco milhões de pageviews (acessos as matérias), fomos acessados por 50 países diferentes, nos tornamos o maior site da América do Sul. E para atender essa demanda, disponibilizamos uma ferramenta profissional de tradução para mais de 10 idiomas.

– 2017 o ano da qualidade

Nesse momento já batemos todos os números totais de 2016, são quase 2 milhões de acessos, sendo mais de 5 milhões de pageviews e contando. Contamos com a colaboração de profissionais que vestiram a camisa e fizeram dessa história um case de sucesso.

Paula Yurie – Blog da Japa // Luiz Lopes – Blog do tigrão // Jessica Andrejozuk – Blog DoLadoDeca

De onde vêm os acessos atualmente ?
* Brasil 68%
* USA
* Portugal
* Tailândia
*Japão
* Inglaterra
* França
* Espanha
* Paraguai
* Argentina

– E agora?

Hoje o Acervo Thai muda sua identidade visual, e começa novos projetos com treinadores reconhecidos em todo o País, novas matérias informativas, novas parcerias e a vontade de crescer cada vez mais. Sabemos da importância que tivemos para a verdadeira mudança do esporte no país e hoje em dia somos referência para novos projetos que queiram ajudar a comunidade do Muaythai no Brasil.

A única certeza é que vamos continuar trabalhando para que nossos visitantes não tenham que pagar por informação e que possam utilizar de nosso site como fonte de referência dentro e fora de academias. Muito obrigado a todos que acessando e visitam nosso site e suas ligações diariamente.

Comentários

Comentários