• Precisa de ajuda ?
    Entre em contato conosco pelo email contato@acervothai.com
Hot, PushWeb, Sobre Muay Thai

Os 5 erros mais comuns do clinch

Por Tiago Simão

O clinch no Muaythai é uma arte, um xadrez, e não força pela força.  A dominância, postura, e claro, o golpe! Isso faz o clinch um xadrez bonito e difícil.

Pensando nessa questão, vamos falar sobre 05 erros bem comuns cometidos durante o treino de clinch.

1-  “Vou fazer força que dará certo.”

Tentar sair do clinch apenas na força quase nunca dará certo, e pior, vai minar sua energia/gás, e irá colocar você em uma situação bem ruim. Clinch não é apenas força, entender isso irá te livrar de problemas.

2- “Esse é o clinch do Muaythai!” (Na voz de um comentarista de MMA).

 Sabe aquela posição clássica, com mãos em volta do pescoço, como se fosse dar um beijo? Pois é, isso não funciona aqui amigo. O clinch busca travar você, se possível lhe esganar um pouco, além claro, de lhe oferecer joelhadas e cotovelos. Entendeu porque apenas segurar pelo pescoço não funciona? Anular um braço e travar o pescoço do adversário, comece pensando nisso.

3- “Vou segurar o joelho dele!”

A força da joelhada é muito intensa. Talvez o segundo golpe mais forte dentro do muaythai. E você quer tentar segurar a perna do seu adversário durante a joelhada? Existe um jeito certo de se fazer isso, mas vamos ser sinceros, correr esse risco não é tão legal assim.

4- Clinch não é só agarrar.

O que pontua no clinch não é a força que você faz, e sim, a dominância, equilíbrio e golpear seu oponente. Não fique pendurado sem fazer nada, golpeie.

5- Virar as costas.

Se você treina, treinou ou conhece quem treina Jiu-Jítsu sabe que o lema é “nunca dê as costas”, No Muaythai é a mesma coisa! Nunca dê as costas. Durante o clinch, dar as costas é submissão. Então vamos repetir: Não dê as costas.

Bônus: Para ajudar você a treinar melhor vamos dar duas dicas simples.

  1. Esconda sua cabeça, grude no seu adversário, incomode pescoço, maxilar, seja chato. Não é um baile de formatura para você ficar olhando nos olhos dele, isso pode dar namoro, e no ringue não é o momento para isso.
  2. Segurar no quadril e puxar para você é falta. Sim, agarrar o quadril e grudar é falta, assim como usar o quadril para aplicar uma queda como no Judô também é falta.

Espero que essas dicas de como não fazer, ajude a vocês a pensarem em estratégias de como anular seu adversário. Em breve farei dicas de como clinchar, aplicar queda, ou mesmo, sair do clinch. Bom treino!

Comentários

Comentários